quarta-feira, março 09, 2005

alvin tofler e d. de masi

a intenção do nothing day é unir o pensamento oriental com a prática ocidental tendo como base um “grau zero” de todas as significações de valores que a sociedade tomou como verdade inequívoca, como a relação com o trabalho e a funcionalidade mecânica da existência.
acabar com a noção q divide trabalho de vagabundagem é uma questão q pode ser desenvolvida, já q para a física, trabalho é toda energia gasta em qualquer trajeto q vá do ponto A ao ponto B. Nesse caso, todo movimento é trabalho. mesmo parecendo estar parado, ainda assim tudo está em continuo movimento, gastando energia.
e emprego como noção de trabalho, então, torna tudo ainda menos preciso, já q essa idéia é usada para justificar o uso do tempo produtivo de uma pessoa em atividades completamente inúteis para a humanidade.

mudando de conversa: acho alvin tofler e domenico de masi, furados.

Um comentário:

irene adler disse...

nada a declarar...