terça-feira, maio 20, 2008

RUMO A 2010!

7 de maio
Dia do Silêncio


A palavra silêncio é derivada do latim silentiu e significa "interrupção de ruído" ou "estado de quem se cala". Vivemos em um mundo cheio de ruídos, numa época de muita agitação, de poluição sonora e o silêncio passou a ser algo ameaçador. O som do silêncio, entretanto, é poderoso.

Desde as primeiras civilizações, o silêncio é um importante elemento cultural, imposto, drasticamente, para salvaguardar seus segredos. Em quase todas, é representado por uma criança com o dedo sobre os lábios. Constitui-se uma exceção, o antigo Egito, onde existia um "Deus" do silêncio chamado Harpócrates, com a mesma posição já descrita. Entre os sacerdotes egípcios, os iniciados assumiam um estado de silêncio total, a fim de se manterem os segredos e incitá-los à meditação.

Buda, em 500 a.C., também valorizava o silêncio como condição para a contemplação. Dentre os mistérios gregos, encontramos o de Orfeu, que com a magia de seu canto e de sua música, executada numa lira, silenciava a natureza e a tudo magnetizava. Para os Talhadores de Pedras, o segredo e o silêncio sobre sua arte eram uma questão de sobrevivência, constituindo-se, inclusive, num salvo-conduto.

Os monges da Ordem de Císter tinham como uma de suas principais regras, o silêncio para a reflexão. É importante observarmos como o Senhor Jesus agiu diante dos adversários por ocasião do seu julgamento e seu silêncio perturbou os adversários: "Jesus, pois, ficou em pé diante do governador; e este lhe perguntou: És tu o rei dos judeus? Respondeu-lhe Jesus: É como dizes. Mas ao ser acusado pelos principais sacerdotes e pelos anciãos, nada respondeu. Perguntou-lhe então Pilatos: Não ouves quantas coisas testificam contra ti? E Jesus não lhe respondeu a uma pergunta sequer; de modo que o governador muito se admirava" Mt 27.11-14.

http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20070506070939AAgck12

3 comentários:

Roberto Queiroz disse...

Boca Quente, você disse tudo: nunca o silêncio foi tão ameaçador em nossa sociedade como agora. Uma terra onde sua palavra, sua assinatura e os seus ideais, aparentemente, não valem nada. E nós, como reféns, correndo em meio a tudo isso. Voltarei aqui mais vezes. Gostei do seu espaço.

Meu outro blog (de cinema):
http://claque-te.blogspot.com

Cristóvão disse...

o sil^necio no coloca com nós mesmos...então...como todo mudno não suport aisso...ninguem fica em silencio....é uam ameaça mesmo

Cristóvão disse...

poxa....valeu pela visita..continuarie visitando aqui..gostei d aprposta do blog :)